Postado em 27 de Julho de 2017 às 09h06

Sedentarismo: Leia porque evitá-lo

Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna O comportamento "sedentário" foi definido como uma atividade que requer um gasto energético corporal de 1,5MET 1. (equivalente metabólico) - calculado...

O comportamento "sedentário" foi definido como uma atividade que requer um gasto energético corporal de 1,5MET

1. (equivalente metabólico) - calculado pelo número de horas sentadas ou deitada por dia. Embora a "inatividade física" tenha sido definida como "adultos que realizam menos de 30 minutos de exercício moderado cinco vezes por semana ou menos de 20 minutos de exercício vigoroso menos de três vezes por semana"

2. A inatividade física foi identificada como o quarto fator de risco de morte mundial (6% dos óbitos globais)

3. O sedentarismo em si é uma das dez principais causas de morte globalmente - responsável por cerca de 3,2 milhões de mortes por ano. É superada apenas pela pressão alta (13%), tabagismo (9%) e glicemia elevada (6%), enquanto a obesidade é responsável por 5% da mortalidade mundial . Em geral, podemos considerar o termo "estilo de vida sedentário" para incluir comportamento sedentário e inatividade física.

Assim sendo, passa a ser um importante fator de risco independente para o que chamamos de doenças não-transmissíveis: hipertensão, diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares.
A prevalência destas aumentou dramaticamente nas últimas duas décadas, particularmente nos países desenvolvidos, embora mais recentemente também nos países em desenvolvimento.

Os fatores que contribuem para um estilo de vida sedentário são:
- aumento uso de dispositivos eletrônicos para o trabalho, a escola, o entretenimento e a interação social;
- maior acesso ao transporte motorizado;
- falta de planejamento urbano não favorece a caminhada ou o ciclismo;
- processos de fabricação automatizados;
- redução das atividades esportivas nas escolas;

Importante estudo relacionou o desenvolvimento dessas doenças em adultos e a constatação foi um aumento de 18% de óbito por doença cardiovascular.

OS BENEFÍCIOS DO EXERCÍCIO REGULAR
Nos últimos anos, a evidência tem fortemente apoiado que o exercício regular tem muitos benefícios tanto para jovens e adultos mais velhos, incluindo menor risco de:

- morte precoce; - alguns tipos de câncer
- doença coronária; - síndrome metabólica.
- acidente vascular encefálico;
- pressão alta;
- perfil lipídico no sangue adverso;
- diabetes tipo 2;

Os profissionais de saúde têm a responsabilidade de educar a comunidade e seus pacientes sobre os riscos desse estilo e encorajá-los a serem ativos, não importando a idade e é claro respeitando as limitações físicas de cada um.

Considerar a atividade física como um sinal vital é uma maneira de lembrar aos profissionais de saúde que investigam regularmente os níveis de atividade física de seus pacientes, ao mesmo tempo em que verificam outros sinais vitais (por exemplo, pressão arterial). Fazer esta uma pergunta rotineira igualmente levantará a consciência dos pacientes da importância da atividade física.

O padrão de comportamento sedentário muitas vezes começa na escola, antes que a pessoa esteja ciente dos riscos . A melhor maneira de evitar um estilo de vida sedentário mais tarde na vida é através da prevenção primária, incentivando as crianças em idade escolar e adultos jovens.

Revertendo-se esse padrão é importante o monitoramento profissional para verificar-se não somente como o indivíduo está evoluindo, mas também se algum problema está surgindo.

Veja também

TRATAMENTO E MANEJO DA DOR CRÔNICA21/08/18 A dor crônica acomete um significativo percentual da população e é muitas vezes não é corretamente diagnosticada e consequentemente erroneamente tratada. Um estudo brasileiro recente constatou que a presença de algum tipo de dor crônica está presente em 39% da população, quase o dobro do que é visto em nível mundial: 22%. Um fato é: o tratamento adequado requer abordagem multiprofissional com profissionais que......
RECUPERAÇÃO FUNCIONAL DA DOR LOMBAR EM PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA28/06/18 A dor lombar comumente afeta atletas profissionais e recreacionais em diversas modalidades, afetando negativamente o desempenho. Uma reabilitação mal orientada, quer seja na carga de exercícios realizada ou na precocidade de alguns......
DOR CERVICAL: CEFALEIA CERVICOGÊNICA27/06/19 É o nome que damos quando a queixa de uma dor de cabeça tem a origem específica na região do pescoço. Normalmente o sintoma manifesta-se unilateralmente. Pode ser originada de várias fontes: -......

Voltar para Blog