Postado em 20 de Abril às 12h15

PRECISO OPERAR MINHA COLUNA: E AGORA

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

São muitas as variáveis a serem consideradas para se tomar essa decisão.
Com poucas exceções a maioria dos procedimentos são considerados eletivos, ou seja, deve haver um planejamento adequado e um preparo do doente para isso.
Embora o acompanhamento de familiares e/ou pessoas responsáveis seja importante, somente você sabe o quanto a sua dor lhe limita, a decisão final será sempre sua.

O que deve ser considerado antes do procedimento:


- Qual é a minha doença?
- Os recursos de tratamento conservador foram devidamente realizados e esgotadas as opções?
- Existem alternativas no contexto atual?
- Se eu optar pela cirurgia, o hospital tem estrutura adequada para o procedimento?

 

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

O que não deve ser considerado:

Muitas pessoas buscam informação com quem já operou sua coluna.
Isto é um erro: pessoas com a mesma doença podem ter uma evolução completamente diferente porque o resultado final não depende só do procedimento, mas também do tempo de evolução da doença, se houveram intercorrências na cirurgia ou no processo de recuperação mas principalmente o aspecto psicoemocional pois você deve ter uma expectativa real daquilo que está sendo feito.

Qual o papel do médico?


O profissional deve auxiliá-lo no processo de decisão:
- explicar sobre a doença e sua evolução no decorrer do tempo;
- descrever o que é tecnicamente possível de ser feito;
- apresentar os potenciais riscos e benefícios com o procedimento: as complicações tem que estar perfeitamente entendidas desde o princípio, bem como o melhor resultado.

Quem deve fazer essa cirurgia: ortopedista ou neurocirurgião?


A cirurgia de coluna é considerada “área de atuação”, portanto ambos são tecnicamente habilitados. Num cenário ideal os dois especialistas devem estar presentes, pois são pontos de vista com pequenas diferenças que muitas vezes auxiliam durante o ato cirúrgico e que podem ser importantíssimos para o desfecho adequado.
Em algumas patologias um terá maior expertise e o outro auxiliará e vice-versa.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

A experiência do profissional

Esse aspecto deve ser levado em conta, pois como todo e qualquer procedimento cirúrgico não é isento de complicações, o médico que lhe assiste deve estar preparado para lidar com elas a medida que surjam durante o próprio ato ou no processo de recuperação pós-operatório.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

A segunda opinião é válida?

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Ao optar por um procedimento, você deve estar convicto.
Se o profissional que você escolheu inicialmente baseou-se somente nos exames de imagem e não lhe examinou adequadamente e não lhe explicou as alterações que você apresenta como perda de força, alterações de sensibilidade e sua correlação com a história que você conta a respeito da patologia, é recomendável você buscar uma outra opinião.
Por que isso? Muitas vezes existem alterações na ressonância magnética que não necessariamente são responsáveis pela dor que você apresenta.
Nesse contexto, um procedimento mal indicado obviamente não terá um resultado satisfatório.
A relação médico-paciente deve ser extremamente honesta, nenhum dos lados pode omitir informações por piores que eventualmente possam parecer.
Por fim, tenha em mente que o procedimento é um meio e não um fim. Você deverá manter sempre cuidados adequados em relação a todos aspectos de sua saúde, patologias da coluna tem um importante componente associado a degeneração inerente ao envelhecimento: somos aquilo que fazemos a nós mesmos.

 

Veja também

OSTEOPOROSE E SARCOPENIA18/10/17 A osteoporose é uma doença associada ao envelhecimento do organismo e dada a maior longevidade obtida através dos avanços da medicina no tratamento de outras doenças, cada vez mais esta condição tem sido diagnosticada. A estrutura óssea não é inerte, está em constante reabsorção e formação e há uma......
DOR LOMBAR NA GESTAÇÃO28/07/19 É a queixa mais comum em gestantes, entre 50-80% apresentarão pelo menos um episódio durante a gestação ou nos primeiros meses após o parto. A causa na maioria das vezes não é bem definida e pode estar......
CORRER É PREJUDICAL PARA A COLUNA?07/01 Frequentemente ouvimos esse tipo de questionamento. Numa análise rápida, temos maior impacto ao nos deslocarmos a uma velocidade maior, então teoricamente isso seria aceitável de se pensar. Mas será verdade mesmo? Para......

Voltar para Blog