Postado em 12 de Setembro às 13h54

DOR LOMBAR E MÁ POSTURA

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Boa postura é essencial para uma boa saúde.
A maioria das queixas que pessoas relacionam a coluna é decorrente de hábitos de vida e posturais “cultivados” ao longo dos anos e facilmente reconhecemos isso em adolescentes e adultos.
Entretanto muito poucos têm uma compreensão real da importância e da necessidade de uma boa postura.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Uma boa postura é o alinhamento correto das partes do corpo suportadas pela quantidade certa de tensão muscular contra a gravidade. Sem um bom controle muscular, simplesmente caímos no chão.
Normalmente, não mantemos conscientemente a postura normal.
Ao invés disso certos músculos cumprem essa tarefa por nós, e nem precisamos pensar sobre isso. Vários grupos musculares, incluindo os isquiotibiais , glúteos e paravertebrais, são criticamente importantes para manter uma boa postura.
 

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Enquanto os ligamentos ajudam a manter os ossos acoplados, esses músculos posturais, quando funcionam corretamente, impedem que a força gravitacional altere o eixo do tronco.
Esses músculos também mantêm nossa postura e equilíbrio durante o movimento.
 

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -
  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Por que é boa a postura importante?
Uma boa postura nos ajuda a ficar de pé, caminhar, sentar e deitar-se em posições que colocam a menor pressão nos músculos e ligamentos de apoio durante o movimento e as atividades de suporte de peso.
Ajuda-nos a manter os ossos e as articulações no alinhamento correto para que nossos músculos sejam usados corretamente, diminuindo o desgaste anormal das superfícies das articulações que possam resultar em artrite degenerativa e dor nos diversos segmentos corporais.
Reduz o estresse nos ligamentos que mantêm as articulações da coluna vertebral, minimizando a probabilidade de lesão.
Permite que os músculos funcionem de forma mais eficiente, fazendo com que o corpo use menos energia e desta forma evitando a fadiga muscular.
Ajuda a prevenir a tensão muscular, transtornos de uso excessivo e até dores que muitos indivíduos interpretam como sendo na coluna, mas na verdade tratam-se de transtornos musculares.
Para manter a postura correta, você precisa ter flexibilidade e força muscular adequadas. Além disso, você deve reconhecer seus hábitos posturais em casa e no local de trabalho e procurar corrigi-los, se necessário.


Consequências da má postura
Vícios posturais podem levar a uma tensão excessiva nos músculos e ligamentos da coluna e dessa forma levando-os a funcionar de forma incorreta, o que predispõe a problemas.
Por exemplo, você geralmente pode ver isso em pessoas que se inclinam para a frente na cintura por um tempo prolongado no local de trabalho, seja sentadas ou em pé.
Vários fatores contribuem para uma postura inadequada mais comumente:
- estresse
- obesidade
- gravidez
- músculos posturais fracos
- sedentarismo
- erros ergonômicos na execução das atividades.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Posso corrigir minha postura?
Sim, você pode. Entretanto deve ter em mente que isso necessita de uma avaliação adequada, pois existem situações que são relacionados com o tipo de coluna que você tem: maior/menor lordose em um dos segmentos ou maior/menor cifose.
Procure um profissional que avalie não somente exames de imagem, mas também a você como paciente e interprete o que você sente correlacionando com tais exames, pois essa correlação é de suma importância.
Na prática clínica, muitas vezes observamos pacientes com diagnósticos firmados de problemas sérios na coluna baseado única e tão somente nos achados de uma ressonância e o que se vê na verdade é o esperado para um indivíduo que está naturalmente envelhecendo e por muitas vezes essas pessoas não se exercitar, tem queixa dolorosa.
Descartado problemas estruturais realmente existentes e que necessitem de tratamento, você deverá discutir com o profissional médico qual ou quais atividades são pertinentes à sua condição e traçar uma meta realista para a situação.
A partir disso você deverá ter em mente que isso é um processo contínuo de cuidado que deverá manter por toda sua vida.
Lembre-se, para a saúde de sua coluna a prevenção sempre será o melhor remédio.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Veja também

DOR LOMBAR NA GESTAÇÃO28/07 É a queixa mais comum em gestantes, entre 50-80% apresentarão pelo menos um episódio durante a gestação ou nos primeiros meses após o parto. A causa na maioria das vezes não é bem definida e pode estar relacionado a um ou a todos fatores abaixo listados: - fatores mecânicos: ocorre alteração do centro de gravidade para a frente devido ao......
HÉRNIA DE DISCO LOMBAR 2: OPÇÕES DE TRATAMENTO06/10 A abordagem inicial, salvo nos casos onde existem sinais inequívocos de emergência, deve ser o tratamento conservador. A magnitude da dor é o mais inquietante ao paciente, mas deve ser lembrado que na maioria dos casos ela irá......
CÃIBRAS NA PRÁTICA DE EXERCÍCIOS: O QUE VOCÊ PRECISA SABER01/05 Praticamente todas pessoas, ao começarem uma atividade física de “endurance” ou mesmo em outras modalidades como nosso popular futebol, já apresentaram em algum momento a desagradável sensação de......

Voltar para Blog