Postado em 12 de Setembro às 13h54

DOR LOMBAR E MÁ POSTURA

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Boa postura é essencial para uma boa saúde.
A maioria das queixas que pessoas relacionam a coluna é decorrente de hábitos de vida e posturais “cultivados” ao longo dos anos e facilmente reconhecemos isso em adolescentes e adultos.
Entretanto muito poucos têm uma compreensão real da importância e da necessidade de uma boa postura.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Uma boa postura é o alinhamento correto das partes do corpo suportadas pela quantidade certa de tensão muscular contra a gravidade. Sem um bom controle muscular, simplesmente caímos no chão.
Normalmente, não mantemos conscientemente a postura normal.
Ao invés disso certos músculos cumprem essa tarefa por nós, e nem precisamos pensar sobre isso. Vários grupos musculares, incluindo os isquiotibiais , glúteos e paravertebrais, são criticamente importantes para manter uma boa postura.
 

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Enquanto os ligamentos ajudam a manter os ossos acoplados, esses músculos posturais, quando funcionam corretamente, impedem que a força gravitacional altere o eixo do tronco.
Esses músculos também mantêm nossa postura e equilíbrio durante o movimento.
 

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -
  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Por que é boa a postura importante?
Uma boa postura nos ajuda a ficar de pé, caminhar, sentar e deitar-se em posições que colocam a menor pressão nos músculos e ligamentos de apoio durante o movimento e as atividades de suporte de peso.
Ajuda-nos a manter os ossos e as articulações no alinhamento correto para que nossos músculos sejam usados corretamente, diminuindo o desgaste anormal das superfícies das articulações que possam resultar em artrite degenerativa e dor nos diversos segmentos corporais.
Reduz o estresse nos ligamentos que mantêm as articulações da coluna vertebral, minimizando a probabilidade de lesão.
Permite que os músculos funcionem de forma mais eficiente, fazendo com que o corpo use menos energia e desta forma evitando a fadiga muscular.
Ajuda a prevenir a tensão muscular, transtornos de uso excessivo e até dores que muitos indivíduos interpretam como sendo na coluna, mas na verdade tratam-se de transtornos musculares.
Para manter a postura correta, você precisa ter flexibilidade e força muscular adequadas. Além disso, você deve reconhecer seus hábitos posturais em casa e no local de trabalho e procurar corrigi-los, se necessário.


Consequências da má postura
Vícios posturais podem levar a uma tensão excessiva nos músculos e ligamentos da coluna e dessa forma levando-os a funcionar de forma incorreta, o que predispõe a problemas.
Por exemplo, você geralmente pode ver isso em pessoas que se inclinam para a frente na cintura por um tempo prolongado no local de trabalho, seja sentadas ou em pé.
Vários fatores contribuem para uma postura inadequada mais comumente:
- estresse
- obesidade
- gravidez
- músculos posturais fracos
- sedentarismo
- erros ergonômicos na execução das atividades.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Posso corrigir minha postura?
Sim, você pode. Entretanto deve ter em mente que isso necessita de uma avaliação adequada, pois existem situações que são relacionados com o tipo de coluna que você tem: maior/menor lordose em um dos segmentos ou maior/menor cifose.
Procure um profissional que avalie não somente exames de imagem, mas também a você como paciente e interprete o que você sente correlacionando com tais exames, pois essa correlação é de suma importância.
Na prática clínica, muitas vezes observamos pacientes com diagnósticos firmados de problemas sérios na coluna baseado única e tão somente nos achados de uma ressonância e o que se vê na verdade é o esperado para um indivíduo que está naturalmente envelhecendo e por muitas vezes essas pessoas não se exercitar, tem queixa dolorosa.
Descartado problemas estruturais realmente existentes e que necessitem de tratamento, você deverá discutir com o profissional médico qual ou quais atividades são pertinentes à sua condição e traçar uma meta realista para a situação.
A partir disso você deverá ter em mente que isso é um processo contínuo de cuidado que deverá manter por toda sua vida.
Lembre-se, para a saúde de sua coluna a prevenção sempre será o melhor remédio.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Veja também

LESÕES MUSCULARES14/01/18 O incentivo a um estilo de vida mais ativo é algo que sabidamente diminui riscos de diversas doenças comuns a fase adulta e terceira idade, tais como doenças cardiovasculares, hipertensão, etc. Podendo ocorrer tanto nas extremidades quanto no próprio tronco, como na região lombar, há diversos fatores relacionados a sua ocorrência: idade, nível de......
OSTEOPOROSE EM HOMENS21/04 Doença óssea caracterizada pela perda gradual da massa e sua resistência, é comumente associada a mulheres após a menopausa. No entanto nos homens, a busca de indícios dessa doença não é......
Dor na região do quadril em praticantes de atividade esportiva27/07/17 Tudo em medicina está conectado, sempre devemos ter esse princípio em mente. As pessoas podem apresentar mais de um motivo para queixa ao mesmo tempo. Assim, nós devemos pensar em todos eles quando lidamos com o problema. Toda uma......

Voltar para Blog