Postado em 25 de Janeiro às 11h05

DOR LOMBAR & MUSCULAÇÃO

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Atividade física é sabidamente benéfico para a saúde por diversos motivos.
Para as queixas relacionadas a coluna, ela é um dos pilares fundamentais para manter o bom funcionamento global, auxiliando na sustentação adequada.
Um mau condicionamento da musculatura do tronco é sem dúvida alguma a principal causa de dor e sempre estimulamos os pacientes a prática de exercícios como uma forma de evitar problemas.
Dentre as mais praticadas, a musculação ocupa um espaço significativo pela sua praticidade: diversas academias, disponibilidade de horário, custo acessível, etc.
Porém todo mundo está apto a realizá-la? A resposta a isso não é tão simples.
Frequentemente vemos no consultório os praticantes queixando-se de lombalgia.
Isso se deve principalmente a dois motivos: pesos excessivos ou execução inadequada dos movimentos.
 

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Nem sempre podemos evitar a ocorrência de problemas, mas algumas estratégias simples podem ajudar a evitar o surgimento deles ou que se agravem.

Citando-as:
1) Ao optar por iniciar a musculação, procure um local onde você saiba que existe uma avaliação prévia ao início da atividade. Isso é fundamental porque um profissional atento já irá orientá-lo a procurar um especialista e também a realizar exercícios que fortaleçam o seu tronco, que é o centro de estabilização;

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

2) Esqueça resultados imediatos. Esse é um grande erro, pois a melhora global, definição que muitos buscam e outros objetivos virão somente com o tempo e a continuidade
3) Esteja atento a dor: desconforto leve na execução dos movimentos ou que perdure por no máximo 24-48h pode estar relacionado somente a fadiga. Entretanto dor persistindo além desse período e/ou que se mantenha após um período de adaptação inicial ao exercício, deve ser investigada;
4) Realize os movimentos de forma lenta e correta. É muito comum, principalmente em iniciantes ou onde não vemos um monitoramento profissional, os alunos realizarem os exercícios “compensando”, ou seja, jogando seu tronco de forma inadequada para contrabalançar uma fraqueza presente em outros grupamentos musculares;
5) Use menos pesos e faça mais repetições;
6) Considere o uso dos aparelhos ao invés de pesos livres na realização de certos exercícios;
Existem prós e contras e isso deve ser discutido entre você, seu professor e seu médico;
7) Procure informar-se quais são os exercícios onde há maior risco de ocorrerem lesões, para que você possa realizá-los sob supervisão e de forma correta;
8) Trabalhe o ganho de flexibilidade, há exercícios específicos para isso.
Isso é válido para todos os grupamentos musculares;
9) Evite usar medicamentos por conta e seguir treinando se estiver apresentando algum sintoma. O uso indiscriminado de anti-inflamatórios pode piorar certas situações e é bastante comum vermos;
10) Dor em padrão muito intenso e que não melhorou com repouso deve ser avaliada por especialista;
11) Aprenda exercícios que fortaleçam seu tronco.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -
  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

LEMBRE-SE:
A MELHOR MANEIRA DE MANTER A SAÚDE DE SUA COLUNA É A ATIVIDADE FÍSICA NAS SUAS DIFERENTES MODALIDADES, MAS ELA DEVE SER SEMPRE BEM EXECUTADA E CORRETAMENTE SUPERVISIONADA.

Veja também

LESÕES EM CORREDORES E MEDIDAS PREVENTIVAS16/10/17 Embora seja um esporte muito popular e extremamente saudável, a corrida vem acompanhada de lesões. A incidência varia de estudo para estudo, podendo encontrar-se números de 3 a 59 lesões por 1000 horas de corrida, um número bastante expressivo. Nesse contexto, o passo inicial é estabelecermos a causa e o mecanismo de lesão. Normalmente ocorrem quando......
OSTEOPOROSE EM HOMENS21/04/19 Doença óssea caracterizada pela perda gradual da massa e sua resistência, é comumente associada a mulheres após a menopausa. No entanto nos homens, a busca de indícios dessa doença não é......
RECUPERAÇÃO FUNCIONAL DA DOR LOMBAR EM PRATICANTES DE ATIVIDADE FÍSICA28/06/18 A dor lombar comumente afeta atletas profissionais e recreacionais em diversas modalidades, afetando negativamente o desempenho. Uma reabilitação mal orientada, quer seja na carga de exercícios realizada ou na precocidade de alguns......

Voltar para Blog