Postado em 12 de Novembro de 2017 às 22h38

DOENÇA FACETÁRIA CERVICAL

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Também conhecida como síndrome facetária, pode ocorrer em qualquer dos segmentos da coluna. Abordaremos especificamente a coluna cervical.
As articulações facetárias compreendem a região posterior onde 2 vértebras se unem, neste local ocorrem movimentos de flexão e extensão e o bloqueio do movimento de rotação.
Das dores da região cervical originadas na coluna a dor facetária é a mais comum, deve ser lembrado que a musculatura e outras estruturas também podem ser a fonte da dor e devem ser pesquisadas através do exame físico adequadamente realizado.
Tanto a hipermobilidade causada por um trauma como a hipomobilidade pela própria artrose da coluna, podem estar relacionadas ao surgimento da dor.
Como identificar se é esta a origem?
Embora os exames de imagem possam auxiliar no diagnóstico diferencial, o exame físico bem realizado é a base do diagnóstico para este tipo de situação, pois nos exames de imagem outras alterações presentes podem confundir tanto o médico menos experiente no assunto como o próprio paciente.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

O tratamento clínico, consistindo de medicamentos, tratamento fisioterapêutico bem realizado e uso de órteses na agudização e por curtos períodos de tempo, evitando desta forma tornar a musculatura cervical ainda mais fraca normalmente é suficiente.
Quando tais medidas não se mostram eficazes, é indicado o tratamento intervencionista da dor, através de injeções intra-articulares com medicação ou em casos recidivantes a realização de denervações, que consistem no uso de agulhas especiais com eletrodos que permitem atingir somente o pequeno ramo de sensibilidade responsável pela inervação local, trazendo assim importante alívio da queixa e permitindo que o paciente permaneça períodos maiores sem dor e potencializando a eficácia das medidas conservadoras.

  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -
  • Dr. Márcio Telesca – Especialista em Cirurgia de Coluna -

Veja também

DOR MUSCULAR APÓS EXERCÍCIO01/06/19 É uma das condições mais frequentes em qualquer pessoa que pratica ou está iniciando uma atividade física regular. A sigla em inglês DOMS, de Delayed Onset Muscle Soreness, será usada durante o restante desta explanação. Normalmente ela se apresenta no primeiro e segundo dias após a atividade. Descrita inicialmente em 1902, até os anos......
Sedentarismo: Leia porque evitá-lo27/07/17 O comportamento "sedentário" foi definido como uma atividade que requer um gasto energético corporal de 1,5MET 1. (equivalente metabólico) - calculado pelo número de horas sentadas ou deitada por dia. Embora a......
DOENÇA DO DISCO CERVICAL21/12/19 Estenose significa fechamento, ou seja, estreitamento patológico de algum conduto no organismo. Na coluna cervical temos 2 condições possíveis: - estenose a nível dos forâmes intervertebrais, onde saem as......

Voltar para Blog